Burigotto faz Recall do berço dobrável Nanna

Recall berços Burigotto

A empresa Burigotto foi notificada pelo Departamento de Defesa do Consumidor (DPDC) e pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) a tirar do mercado todos os berços do modelo Nanna, muito procurado pelos clientes por ser dobrável. Após a denúncia da morte de uma bebê de seis meses, em 1º de fevereiro deste ano, asfixiada entre uma das laterais do berço e o colchão, em Minas Gerais, o DPPC abriu uma investigação e o Inmetro suspendeu o selo que havia dado ao produto. O colchonete que acompanha o berço tem os padrões especificados no manual, que diz não poder ter mais de 30 mm de distância do plano, mas além do colchonete da própria empresa ter causado a morte da criança, parece que o assunto não ficou bem explicado aos consumidores, os quais também usam colchões comprados separadamente e sem as especificações legais.

No Programa da Tarde da Rede Record, exibido na semana passada, o deputado e também apresentador da atração, Celso Russomano, recebeu os pais da criança asfixiada e a mãe contou ter usado a metragem estipulada do colchão corretamente, porém com a movimentação do berço a sua estrutura acaba alargando, deixando o espaço para que a sua filha tivesse sido sufocada. Russomano comentou que, caso todo o berço fosse feito de tela, talvez a menina tivesse conseguido respirar, mas o fato é que independentemente das causas, as crianças que estão usando este produto correm perigo. Outra convidada, também consumidora do Nanna, falou que salvou a sua filha em tempo porque viu quando ela estava dormindo e a sua cabeça caiu no vão do berço.

Agora nenhum berço do modelo Nanna pode ser comercializado no mercado, portanto, se você souber de algum estabelecimento que esteja vendendo o berço, denuncie no http://portal.mj.gov.br. O prazo para a retirada dado pelo DPPC se esgotou e o Inmetro já publicou junto à Portaria n° 243/Presi que irá aumentar o rigor para a produção, importação e vendas dos berços dobráveis. A Senacon, Secretaria Nacional do Consumidor, publicou hoje, dia 18/06/2015, que mais de 250 mil berços desse modelo passarão por ajustes.

Caso você tenha este berço, suspenda o uso imediatamente e ligue para a empresa Burigotto, que irá informar todo o procedimento do recall (trocar o produto por outro ou receber o dinheiro de volta): 0800 770 2298 , (19) 3404-2000 ou 3701-7700.

Por Priscilla Silvestre

 

Deixe uma resposta