Aprenda a deixar o quarto infantil versátil

Quarto bebê rosa piso madeiraPapais e mamães sempre pensam logo de cara no azul e seus diversos tons para o quarto do menino, assim como o rosa e toda a sua paleta para as princesinhas. Porém, engana-se quem acha que só essas opções são as mais procuradas. Nos dias de hoje, com uma infinidade de decorações no mercado, fica muito difícil escolher só uma. E quem busca toques modernos no quarto da criança não hesita em explorar tons alegres e muitos detalhes coloridos.

Para que o décor combine com o estilo contemporâneo, a arquiteta Roberta Ruschel indica alguns elementos. “Nos quartinhos de bebê mais modernos os berços são mais retos, com tons amadeirados e não só o branquinho de sempre! Cômodas com cores inusitadas e papel de parede são sempre aliados. Gosto muito de fazer um composê e utilizar dois tipos de papel no mesmo quartinho”.

 

quarto bebê berço vira camaAliás, fazer um dormitório assim é uma excelente saída para os pais que não ficam sabendo se é menino ou menina até a hora do parto. Seja por escolha própria ou porque os exames não detectaram o sexo da criança, não importa, já que montar o quartinho do bebê é um dos momentos mais gostosos da gestação e nenhum casal abre mão disso.

Confira a matéria completa sobre o quarto com móveis em madeira e berço que vira cama!

 

Funcionalidade sempre!

Uma coisa que jamais deve ser esquecida é que o cantinho do bebê precisa ser tranquilo, aconchegante e acima de tudo, prático. Afinal, a mamãe precisa de rapidez e versatilidade no seu dia a dia com o pequenino. Com isso em mente, a profissional aconselha os itens que não podem faltar. “Para o quartinho de bebê são necessários berço, cômoda com trocador, poltrona para amamentação e cama auxiliar em alguns casos.

Armário no início serve mais para guardar o carrinho e outros acessórios maiores, enquanto as roupinhas podem ficar na cômoda. Depois disso, devemos levar em consideração o estilo que o quartinho terá”.

 

Quarto bebê azul móveis funcionaisSe o ambiente for pequeno, vale a pena investir nos móveis 2 em 1, mesmo que eles não sejam planejados. Existem muitas opções de cômodas com trocadores, por exemplo, assim como até trocadores instalados dentro do armário.

E é sempre bom lembrar no futuro, já que os pequerruchos irão crescer, por isso o dormitório pode desde sempre acompanhá-los nisso. “No caso dos quartinhos com cama auxiliar fica mais fácil, pois a criança passa a utilizá-la e o berço pode virar uma mesa se colocarmos um tampo de madeira no local do colchão. Já a cômoda pode virar um buffet em outro cômodo da casa, com uma cor interessante!

Outra ideia também, se o berço for dos mais retinhos, é colocar um tampo de vidro bem em cima, deixando sobrar nas laterais para que fique bem apoiado, e usar esta nova bancada com uma banqueta de trabalho mais alta”, sugere Roberta.

 

Acerte na iluminação

A luz faz o ambiente, então o quarto do bebê merece atenção especial nesse quesito. É sempre bom lembrar que a iluminação precisa atender a diversas situações, como o conforto na hora da soneca, a boa visão da mamãe quando for cuidar do bebê, no caso dos mais crescidinhos o local de brincar ou estudar e por aí vai.

É preciso também levar em consideração a harmonia entre a iluminação e a decoração do dormitório, aproveitando ao máximo a luz natural. Para não errar na hora de iluminar, a Lustres Yamamura listou cinco dicas importantes para não errar:

1 – Aproveite ao máximo a luz natural do cômodo para que as crianças não tenham que forçar a vista durante o dia. Assim, as cortinas devem ser leves e translúcidas, suavizando o sol direto;

2 – Quanto à luz artificial, combine uma luz geral para o quarto todo com focos em determinadas áreas, como o lugar para brincar ou estudar;

 

Luminária forma flor verde laranja

3 – Uma lâmpada de teto pode ser uma boa ideia para a iluminação geral, além disso, existem vários modelos infantis que as crianças vão adorar: em forma de bichinhos, de carro, de estrela etc. O mais importante é que a lâmpada esteja a certa altura ou diretamente no teto, para que as crianças não a alcancem;

4 – Os focos de luzes pontuais podem ser lâmpadas de mesa, mas devemos ter cuidado sempre com o que colocamos ao alcance dos pequenos para evitar acidentes (lâmpadas de vidro podem acabar no chão). Por exemplo, podemos colocar uma luminária no criado-mudo, sempre a certa altura para que não haja nenhum problema;

5 – Devemos prestar muita atenção às medidas de segurança no quarto infantil. Tomadas podem significar um grande risco se as crianças colocarem os dedos ou algum objeto pontudo dentro delas. Logo, devemos colocar protetores de segurança.

Por Priscilla Silvestre

 

 

FornecedoresRoberta RuschelRoberta Ruschel – Arquitetura
Tel.: (19)2533-6125
E-mail: arquitetura@robertaruschel.com.br
Site: BetaDecora.com.br
—————————————————

Lustres Yamamura

Lustres Yamamura
Tel.: (11)3906-2747
Site: Yamamura.com.br
—————————————————
Crédito da imagem: Decorzidea
—————————————————

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here